Redes Sociais
TERREIRO
E NO TERREIRO FUI
EPA RÉ MEU PAI
DONDE VEM TANTA LUZ
O CORPO A FLUTUAR
DANÇANDO SEM PARAR
RITUAL PARA IEMANJA


OS TAMBORES QUE NUNCA PARAM
ENERGIA SE ESPALHA
MANIFESTAÇÕÉS AOS ORIXAS
MINHA MÃE
MEU PAI
OS CAMINHOS A SE ABRIREM
VELAS EM TODOS OS CANTOS
AS CANÇOES QUE ENCANTAM
CADA DANÇA UMA MANIFESTAÇÃO
UMA DEVOÇÃO

EPA RÉ MEU PAI

O CORPO NÃO É MAIS MEU
A VOZ NÃO MAIS A MINHA
VEJO TUDO
VEJO TODOS
VEJO FUTURO E PRESENTE
E OS TOQUES DOS TAMBORES
É QUE ME GUIA
MINHA MÃE 
MEU PAI

EPA RÉ NESTE DIA
QUE TANTA LUZ ME GUIA

EPA RÉ


CARLOS DOS SANTOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |

Nenhum comentário

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados