Redes Sociais
SELVA
SELVA


TÃO SOZINHO ATRÁS DO MURO

E OS PLANOS TOMAM O LUGAR DO SONO

E O ASSALTO FAZ



NÃO TEM MEDO

NÃO TEM VERGONHA

É MATAR OU MORRE




PURA ADRENALINA

CABEÇA DOIDA

CORPO A GRITAR

É BALA PARA TODOS OS LADOS

PLANO FALHOU



É GUERRA

É TERROU

ATINGIU QUEM NÃO MERECIA

É MEDO

É COVARDIA

É A ANGUSTIA DO DIA



A SELVA QUE VIVEMOS 

A SELVA QUE MORREMOS

ESCAPOU



E NINGUÉM VIU

COMO SEMPRE 



PASSOU PASSOU



CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |

Nenhum comentário

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados