Redes Sociais
PASSA O TEMPO
PASSA O TEMPO

O amor não encontro
No sorriso daquela flor
Tão perto, pode está
Mas não viu, nem sentiu
É a vida, é o destino
Que tanto busca.

Passa o tempo

Hoje eu vejo
O que mais procuro
O que mais mereço
Tão perto está
E tão longe fui buscar
Feliz estou por enxergar
Feliz estou por encontrar.

Passa o tempo

Percebi que o amor só não basta
Carinhos, cobranças, brigas
Tantas dívidas a pagar
Divergências, competições
Desespero e agressões.

Passa o tempo

E percebo que o amor só não dá
Tem que ceder, saber escutar
Um minuto para sentar
Conversar, sorrir
“Abrobrinhas” para contar
Um abraço, um beijo
Que há muito não dá.

Passa o tempo

E percebo que o amor
Está sempre a brotar.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |

Rachel Alessandra   |  10/07/2013

Perceber que o amor também é construído nos pequenos gestos, no ceder, no escutar, no compartilhar até mesmo as \\\"abobrinhas\\\" e, principalmente, no abraço e no beijo já faz de vc um poeta romântico que já conquistou minha atenção... rsBeijinhosRachel Alessandra (Sandra)

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados