Redes Sociais
QUE DOR!

Dor de cabeça estou
Ninguém notou
Que horror
É falta de prazer
Ou vontade de sofrer.

Eu queria entender
A alegria
O amor
A dor
O tudo, o nada
É loucura
É solidão
É vida.

Dor de cabeça estou
É vontade de beijar
É vontade de falar
É vontade de gozar
De querer
O impossível
Sem lutar
Reclamar e desejar
É complicado entender.

Dor de cabeça estou
Pensamentos solitários
Amarguras
Viver a sonhar
E sempre a lamentar
Uma pinga para animar
Sem emprego, sem dinheiro
Nem uma mulher para amar.

Triste estou
Só me resta beber e sonhar com caviar
Até a dor de cabeça passar, passar, passar...

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |

edilene   |  10/07/2013

gostei...rsss..!!

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados