Redes Sociais
MEIA-NOITE
É Meia-Noite!

Sorri, chorei
Vi tantos fogos 
Que me encantei
Fiz uma oração
Beijos e abraços
Pura emoção!

Tomei banho de mar
Dediquei flores a Yemanjá
Foram tantos pedidos
Que nem consigo mais lembrar
É Meia-Noite!
Brindei, gritei, até nu fiquei
Minha alma lavei
Dancei forró, lambada e valsa
Até santo dei (pirei)

Saí da dieta e me entreguei
A todas as guloseimas que encontrei
Até fiado comprei
E banho de champanhe tomei.

Eta! Ano Novo!
Eta! Como faz bem!

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |

Nenhum comentário

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados