Redes Sociais
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
NÂO SEI EXPLICAR
 
Não tem o que reclamar

É festa todo dia, carro, mulher e dinheiro para gastar

Sorriso a todo o momento

Todos os dias um amigo diferente para contar.

 

Não tem o que reclamar

Os meus pais não estão com nada, nem conselhos sabem dá

Os meus amigos, meus espelhos

Incentivam-me, mostram-me

Que a vida é para viver e ser feliz

Poder ter e fazer o que bem querer.

 

Não tenho o que reclamar

Estou bem, muito bem

É só alegria, desafios e orgias

Ser careta, nem pensar

Meus amigos vão falar e até piadas vão contar

Excluirão-me do jantar e com vergonha vou ficar.

 

Nem sei como explicar...

Dá-me até um mal estar

Nem amigos, nem festas, nem piadas pra contar

É tristeza, é solução e só me resta recordação e um aperto no coração.

 

Não sei como explicar

O que vi e não entendi

O que não amei e perdi

Tão perto de mim.

 

Não sei como explicar

Tanta dor, tanta vontade de falar e gritar

Transmitir experiências, para muitos não passarem.

 

O que não sei explicar

Só me resta é chorar e rezar

Pedi aos meus pais o perdão

Por tantas injustiças que passaram.

 

Não sei como explicar

Hoje eu vejo o que não queria ver

E o que não queria entender

Os amigos verdadeiros que excluí

O amor, o carinho e atenção que não fiz questão.

 

Não sei como explicar

Hoje eu vejo tudo e todos de outra maneira

Enquanto força eu tiver

Só me resta... escrever!

Carlos Batista
 
Postado por 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Nem tudo é amargo
Vejo o sorriso de crianças

Amores e lembranças

Mundos diferentes

Sol brilhando na aurora

Alegrando multidões 

No poente 

Emociona

Hipnotiza almas

Vejo o bem nos homens 

Confortando os necessitados 

Abraçando a causa

Pela paz

Superação nas dores

Brilho no olhar

Vontade de viver e lutar

Vejo jardins floridos

Encontro do rio com o mar

Barco a desafiar

Gigantes ondas

Sem parar

O marujo alegre fica

É sua vida 

É seu mundo

Feliz esta

Corações sofridos

Desviados mais amados

Vejo terapias familiares

Encontro de casais

Instituições de caridade

Diversas religiões

Sempre alguém se doando

Sempre alguém do bem

Amando alguém

Vejo o mundo doce

Amargo não

Carlos Batista


 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
MENOPAUSA CHEGOU

 

Nem viu seu amor falar 
Tenta abraçar e beijar 
Um cheiro nem pensar 
Queixa de calor e mal estar
 Que sair sorri distrair 
Arruma-se fica linda 
Mais desiste
 Começa a chorar 
No silencio do quarto 
Nas leituras acalma 
Não entendo ás mudanças 
Só quero viver distrair e amar 
Dou tudo que precisa 
Roupas, passeios e SEXO 
Sou do bem 
Tenho saúde 
Vida social excelente 
Meu casamento vai mal
 Preocupado fico 
Falo para amigos 
Penso em psicólogo
 Estou carente 
Sozinha continua 
Neguem para escutar 
Esta chata 
Nervosa 
Nem marido nem filhos Entende o que passa 
Insegurança Medo 
Preocupada fica
 Pede a DEUS todos os dias
 Que a paciência 
O dialogo 
O amor 
O carinho 
Ilumine os corações 
De todos os seus 
Ás amiga alertou 
O medico receitou 
De nada adiantou 
Que calor 
Que agonia 
Que estresse 
A fome multiplicou 
O meu corpo não é mais o mesmo 
Vou malhar e na dieta ficar 
Socorrooooooooooooooooooooooo 
Senhor
Menopausa chegou 
O que faço, por favor, 
Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Ela

Meu amor 
Minha vida 
Minha dona 
Não teus braços sou criança 
O dialogo flui 
Abrobinhas 
Piadas 
Sorriso 
Momentos passam 
Meu sangue ferve 
No calor do teu corpo
 Seus lábios nos meus 
É sempre como a primeira vez 
Os olhos a desejar 
Perco a respiração 
Meu coração treme
 Encho-me de tesão 
Já não sou mais eu 
Minha dona 
Toma-me 

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Dedicado a Florbela Espanca
Dedicado a Florbela Espanca (In memória,79 anos após ) 

Fiquei fascinado com suas belas mensagens
 Lembram as mais puras verdades vindas do coração 
Olhos que buscavam tanta luz... 
Romântica 
Verdadeira 
Realista 
Beleza nunca igual, sempre a procura do novo 
Entendia o que hoje é inexplicável 
Lembranças que deixaram marcas nos seus poemas 
Alma que tanto procurou verdade, amor e paz
Encontros e desencontros nunca a desanimaram 
A esperança sempre fortalecia os seus dias 
Pensamentos ocultos – sempre vinham 
Obrigação eterna de cada dia- tristeza sentia.
 Nunca desistia do novo, do agora, do hoje 
De viver. 
Cativou mais um admirador 
Dedico alegre, estas poucas linhas 
A ti, FLOR BELA... 

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
CARA METADE
Procure a cada olhar 
Nos momentous vividos 
Na vontade de querer ser feliz 
Procure seu amor 
Em cada encontro 
Em cada busca 
A medo Ou pavor de ser feliz
 Ás decepções e diferenças
 Ás surpresas e identificações 
Os diálogos e cumplicidades 
A diferença no pensar na visão
 Não force 
Aos poucos tudo acontece 
O calor dos beijos 
A vontade de estar próximo 
A necessidade de juntar-se 
Acordar com o outro 
Viver juntos 
Leva tempo
 E o tempo e curto 
Só ter calma 
O que tiver de ser rss 
E tudo é maravilhoso 
Com sua 
CARA METEDE SEMPRE 

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
ACREDITA
Acredita, pois terei... 
Não entendo que não sei 
É mentira ou verdade 
Que tudo revelarei 
Fantasias e realidades 
Não escapa dos pensamentos 
É a vontade do poeta 
Que busca neste momento
 Eu nem mesmo sei por que
 Estou tentando escrever 
Com a mente poluída 
De tanto prazer 
Ora essa 
Sem registro tem que ser 
Nunca posso esquecer 
Os momentos com você. 

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Tarde de amor
 Linda flor a desabrochar
 Nos braços do seu dono
 Felicidade no olhar 
No sorriso 
Delírios de prazer 
Entrega-se com fervor 
Sem limites 
Sem preconceitos
 Amada que faz do seu homem 
O macho 
O tesão
 O amigo 
O amante 
O tudo
 Lágrimas de emoções
 O corpo treme 
Nos toques 
Nas descobertas 
Mais sensíveis 
Lábios molhados 
A delirar Implorando o gozo 
Que vem com felicidade 

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados