Redes Sociais
Terça-Feira, 25 de abril de 2017
FALA POEMA

Fala Poema

 

Fala por mim

Fala por nós

Tudo que traz na alma

E quando penso que acabou

Vem enxurradas de amor

Rebuscadas nas distâncias

Com tantos caminhos a descobrir

Nas estradas afora

Fala de mim Poema fala

Que busca insistentemente uma luz

Para minha vida

E em cada estação que encontrar

Mesmo sentindo escuridão

Canto seus poemas alegrando meu

Coração

 

Carlos Batista

 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 25 de abril de 2017
CORAÇÃO DE MULHER

CORAÇÃO DE MULHER

 

Coração de mulher

Sempre ocupou seu espaço

Diante do guerreiro

Das dificuldades

Coração que faz historias

Não tem Sanção sem Dalila

Moises sem Zipora

Davi sem BeteSeba

Salomão sem Sunamita

Não tem José sem Maria

Sem o coração que guia

Coração da mulher

Deus a fez diferente

Surpreendem

Encantam

O mais orgulhoso dos homens

Mudando suas historias

Coração de mulher

É assim

Carlos Batista

 

Compartilhe   |
Comentários
Sábado, 22 de abril de 2017
FAXINA

FAXINA

 

Fiz uma faxina

Na minha vida

Desapeguei-me de tudo

Coisas que guardava há anos

Roupas que usava e guardava

Sapatos que comprava e não usava

Coisas que eu nem sei por que guardava

E gostava

Fiz uma faxina e mudei

Algo estranho aconteceu

Poucos me reconheceram

Fui a lugares que nunca imaginava ir

Fiz novas amizades

Minha visão se ampliou

Cuidei muito mais do meu jarro

Me vi

Sorrindo mais

Sonhando mais

Vivendo muito mais

E foi só uma faxina

Que deveria ter feito

Muito tempo atrás

 

Carlos Batista  

Compartilhe   |
Comentários
Sábado, 22 de abril de 2017
CORAÇÃO DE PEDRA

CORAÇÃO DE PEDRA

 

Coração de pedra

Diz que ama

Sente ciúmes

Faz promessas

Chora 

Planeja o futuro

É uma alegria sem amor

E quando tudo acaba

Nem parece que sonhou

Com tantas juras de amor

Coração

Que foi e que vem

E busca o que convém

Coração de pedra

Que ele ou ela

Nada tem

Carlos Batista

Compartilhe   |
Comentários
Sábado, 22 de abril de 2017
CEREJEIRA

CEREJEIRA

 

 

O sabor nos lábios

Da amante enlouquecendo

Seu dono

E ao mordê-lo

Sangra

Deliciando-se de prazer

Como primeiro gosto de amor

Uma vez insaciável

A paixão

A  luxuria

Provocando

E predominando

O vermelho e a sensualidade

Não é mais virgem

Desabrochando como uma flor

 

Gostar

Do frio

Da chuva

Do inverno

Satisfaz seu cultivo

Sagrada flor

Delicadeza nos formatos

Suas pétalas

Sakura

 

Flor

A desabrochar

Desprendendo da árvore

Vida...

De Samurai

Nobres madeiras

Frutos vitaminados

No sétimo dia

Deus a fez

 

Cerejeira

ES

 

Carlos Batista

Compartilhe   |
Comentários
Sábado, 22 de abril de 2017
ABRAÇO

ABRAÇO

 

Oh dia difícil que se foi

Só penso no abraço do meu amor

Há muito tempo que passou.

 

O sorriso vem

Lembranças vêm

Quando encontro alguém

Só o abraço me faz bem.

 

Não tem explicação

Pura emoção

Saudades, carinhos

Amor, amizade

Só um abraço

Como me faz bem.

Há muito tempo não a via

No encontro, só alegria

Êta que abraço

Êta quanta energia.

 

Nos momentos de tristeza

É choro, é agonia

Um abraço bem apertado

Faz bem e explica.

 

Há momentos nesta vida

Que só um pouco já satisfaz

Um abraço caloroso

Já transmite muita paz.

 

Carlos Batista

 

 

Compartilhe   |
Comentários
Sábado, 22 de abril de 2017
ACREDITA

ACREDITA

 

Acredita, pois terei...

Não entendo que não sei

É mentira ou verdade

Que tudo revelarei

Fantasias e realidades

Não escapa dos pensamentos

É a vontade do poeta

Que busca neste momento

Eu nem mesmo sei por que

Estou tentando escrever

Com a mente poluída

De tanto prazer

Ora essa

Sem registro tem que ser

Nunca posso esquecer

Os momentos com você

 

Carlos Batista

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Vento

Vento que vem forte


Leva-me  a pensar

E acreditar em ser diferente

Confiar no homem

Na vida

No  dia a dia 

A todo minuto

Assisto a uma peça 

O desespero

A guerra

A coragem

A covardia

A esperança

O nascimento

O AMOR

Vento  vem

Vento  vai

Deixando  marcas e aprendizados

Que ficam

Que  passam

Vento  Vento Vento

Carlos Batista
 
Postado por Carlos Batista

 

Compartilhe   |
Comentários

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados