Redes Sociais
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
LAMENTAÇÕES
Bebo sim
Por tudo o que me fez passar
Ainda choro
Ainda quero te perdoar
Meu coração é fraco
Eu só quero é te amar
Não importa o que vou passar.

Bebo, mas bebo sim
Quando vou a uma festa ou a um bar
Só assim vou lá cantar
O meu blá blá blá
Muitas vezes nem consigo conquistar
O sorriso da flor
Com o meu blá blá blá.

Bebo sim
Para chorar e lamentar
Por tudo que estou passando
Pelas oportunidades que deixei passar
E por não acreditar
Bebo, bebo, bebo.

Bebo sim
Até para amar
E o tesão chegar
Com vontade de mijar
Dá até um mal estar
O jeito é fingir que tou bebo
Dormir e deixar quem estou
Se irritar
E não amar.

Afinal bebo sim
Por qualquer motivo
Para esquecer alguém
Que não queria ver
É a melhor maneira
Que tento viver
Nem mesmo quero entender
Bebo sim por prazer.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
ENTENDERÁS
Entenda o que não pode ser entendido
O hoje, o amanhã
Não achei nada, mas pode ser tudo na vida
As desculpas vêm tarde, mas vêm
Mesmo com arrogância, de quem nada tem
Nem sempre o bem faz bem
E o mal faz mal a alguém
Registrado está
É só pensar
Entenderás o inexplicável
Entenderás a morte
Entenderás a vida
Entenderás o que não pode ser entendido.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
MEIA-NOITE
É Meia-Noite!

Sorri, chorei
Vi tantos fogos 
Que me encantei
Fiz uma oração
Beijos e abraços
Pura emoção!

Tomei banho de mar
Dediquei flores a Yemanjá
Foram tantos pedidos
Que nem consigo mais lembrar
É Meia-Noite!
Brindei, gritei, até nu fiquei
Minha alma lavei
Dancei forró, lambada e valsa
Até santo dei (pirei)

Saí da dieta e me entreguei
A todas as guloseimas que encontrei
Até fiado comprei
E banho de champanhe tomei.

Eta! Ano Novo!
Eta! Como faz bem!

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
COINCIDÊNCIA
A todo o momento acontece
É no Shopping
No cinema
Nas festas
Importante é encontrar
A alma gêmea e ficar.

A todo o momento acontece
Um sorriso, um olhar
Saber escutar, se encantar, aconselhar
Não ter medo de falar.

Sua voz, seu jeito, seu corpo
Tudo, tudo...
Não paro de lembrar
É uma doença
Como estás?

A todo o momento acontece
O segredo há de guardar
Entre quatro paredes
É amor, é desafio, é loucura
É bom enquanto dura.

A todo o momento acontece
Encontros e desencontros
Alguém querendo o novo
E o novo perto está
É destino, é coincidência
De quem vive a procurar.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
BUSCO
A paz
Atenção
Um padrão
Busco nas palavras
Nos sentimentos
No amor
No trabalho
Na vida.

Busco em cada canto
O sorriso que me encanta
A calma dos meus prantos
A dor que tanto escondo
O calor mais calorento
Do amor que sonho.

Busco mais
Busco tanto
Que me vejo a sonhar
Vivo buscando
Vivo tentando
Sempre.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
BELA
Inspira-me
Atrai-me
Derrete meu coração
Enche-me de tesão.

Só sei 
Que é carinhosa
Beija-me
Abraça-me
A todo o momento acontece
O prazer
A vontade de ter você.

Só sei
Que és inteligente
Completa-me
Escuta-me
Sede nos momentos
Ensina-me a viver.

Só sei que é alegre
Faz-me sorrir
Anima meu dia
Nunca desanima
Acredita
Ou tenta acreditar
Faz-me bem
Dá-me paz.

Só sei
Que minha alma
Ferve de paixão
Abre meu coração
O sorriso brilha
O calor me toma
Não sou mais o mesmo
É amor
É paixão
Só sei que roubou meu... coração.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
BEIJOS

Beijo enloquecedor
Que me amou
Fecho os olhos e sinto
Teu calor
Teu fogo
Teu prazer.

Lembro a pureza dos teus lábios
Transmitindo energia e paz
A cada segundo que me amou
Bela Flor.

As fotos
Os momentos
Os sorrisos
Registrados estão nos pensamentos
Nas lembranças puras e únicas
Beijos que me apaixonou
E ficou.

Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
A PERDA

O sorriso
O olhar
O vinho
A música
Vontade de amar e entregar-se
Não via a hora de chegar
Os momentos felizes que iríamos passar.

Como um raio, tudo mudou
O tesão acabou
Com o susto que levou
A ira que não admitia
E por amor flagrou
O que não queria ver
E entender.

O amor não é mais o mesmo, não tem preço
Já tem outro endereço
Difícil é conformar-se
Com a dor de quem não valorizou
E não acreditou em quem a amou.

O mesmo virou uma fera
Quando vê os lábios dela
Posar em outra esfera
Desesperado fica.

Tenta erguer-se, mas complica
Não entende o que perdeu
Foi o que mais humilhou e amou
Não entende que seu ex-amor encontrou
O que tanto buscou
O que tanto sonhou
Ao lado de quem
A valorize e respeite.

Acaba com este xô rou - rou
Sua oportunidade já passou
É só aprender a valorizar
Quando encontrar um novo amor.


Carlos Batista
 

 

Compartilhe   |
Comentários

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados