Redes Sociais
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
PEDIDO


É Meia-Noite
Pensei em você
Sentimentos inexplicáveis tive
É bom
Não sei por que
Nem quero entender
Só sei que gosto de pensar 
Em você linda.

Fiquei descalço
Molhei os pés no mar
Fiz um pedido a minha mãe Yemanjá
Para não ti perder
Fiz uma oração
Pedi sem parar
Para nunca deixar de te amar.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
O TEMPO PASSOU
O tempo passa
O sorriso não dá
Leva a vida a sonhar
Uma piada - nem pensar
Abrobrinhas?
Causam um mal estar...

O tempo passa
E tudo a desejar
Não viu a vida
Não amou
Não gozou.

O tempo passa
E não viu
O olhar que agrediu
O amor que fugiu
- Cabelos brancos ele tingiu –
E tudo a lamentar
Do gozo que não deu
Dos momentos que esqueceu.

Passa a vida
Passa o tempo
E só fica a dor
De quem nunca passou
O amor ou desamor
Do beijo, do sorriso
Do calou de quem gostou.

Passa a vida
Passa o tempo
E as lembranças sempre estão
Do que nunca provou
O arrependimento ficou
E o tempo passou, passou, passou...

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
LEMBRANÇAS
Hoje ao lembrar
O sorriso vem
Infância que jamais esquecerei
Dos momentos que passei
Vivi e sonhei.

O sorriso vem
Do piquenique que marcou
Tudo a combinar
Todas as guloseimas que pude levar
Acabou no mar.

O sorriso vem
Do meu pai que se foi
Da velha moto
Que ciúme tinha
Parecia mais um trem
De longe todos notavam
O ruído que provocava.

O sorriso vem
Da surra que levei
Conversa que escutei e entrei
Jamais esquecerei.

O sorriso vem
As lembranças vêm
A saudade vem
Dos momentos que ficaram
Dos momentos que marcaram.

O sorriso vem, vem, vem.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
JOVEM
Sou jovem e tudo sei
Não tenho paciência com ninguém
Já deduzo os pensamentos
Falo até o que não sei.

Sou jovem e quero falar
E meu espaço encontrar
Sem respeitar, sem lutar, sem limites.

Só quero, que me entenda
Escute-me, pois quero falar
Sem escutar.

A vivência, e experiência
De quem tão perto está.

Sou jovem, jovem sim
Este papo é que não dá
Quero falar, quero gritar
E meu destino encontrar.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
FANTASIA
Falas que não tem medo
Falas que não acredita em nada
Mas fala da boca para fora
Pois vive chorando por nada.

Falas que me conhece
E que entregaste a tua vida
Mas por cena de ciúme
O amor tornou-se briga.

Falas que é verdadeira
E é pau para toda obra
Mas a falta de dinheiro
É o que mais desaprova.

Meu Deus não entendo
Tantas dores e desilusões
Para onde vou
A qualquer lado 
São sempre as mesmas preocupações
Falta de paz no coração.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
Feliz estou!
Alegria no meu coração irradia
Vejo o canto dos pássaros, como nunca
Mensageiro do vento, inspira-me a cantar
Percebo que cada ambiente tem o seu calor
Vejo e aprendo 
Flores com cores
A valorizar a vida
As pessoas
A todos

Procuro conhecer a tudo, nos pequenos detalhes
Clareia o meu mundo, cada aprendizado
Tento conciliar o útil ao agradável
Prazer com instruções
Tento
Tento
A todo instante

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
ENTENDERÁS
Entenda o que não pode ser entendido
O hoje, o amanhã
Não achei nada, mas pode ser tudo na vida
As desculpas vêm tarde, mas vêm
Mesmo com arrogância, de quem nada tem
Nem sempre o bem faz bem
E o mal faz mal a alguém
Registrado está
É só pensar
Entenderás o inexplicável
Entenderás a morte
Entenderás a vida
Entenderás o que não pode ser entendido.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários
Terça-Feira, 16 de julho de 2013
É FESTA
Todos a falarem
Cerveja, uísque e guaraná
Churrasco a queimar
E o “viagra” a funcionar.

É festa

Comentários do ano inteiro
Fantasia e realidade
Misturam-se sem parar
O gostoso é falar
E ninguém a reclamar
Da coluna ou pressão
É amor pra todo lado!

É festa

É... relaxe, meu irmão
Sem registro
A vida passa
Momentos ficam.

É festa

Todo ano é uma agonia
Todo ano a mesma ladainha
Mas a festa continua
E com muita alegria.

CARLOS BATISTA
 

 

Compartilhe   |
Comentários

Sou poeta 
Sonhador
Não sei para onde vou
Só sei que estou indo
De corpo e alma com amor

Nas escritas que publico
Estão as emoções 
Mais profundas 
E românticas
Inspiradas do coração

Minha alma ferve 
Meu coração grita
E os poemas 
Simplesmente brotam
Irradiando os seguidores
Com mensagens simples 
Alegres 
Que passa o romantismo
O encanto da vida

Felizes ficamos
Com as postagens 
Os comentários
As critica
Os incentivos 
É como regasse uma flor 
E ter a certeza que esta flor
Alegrará alguém 

Hoje 
Sempre 
Obrigado, 

Carlos Batista 
 

Arquivos
Home  |  Sobre o Blog  |  Posts  |  Livros  |  Contato
Ser Poeta 2013 ©Todos os direitos reservados